Resenha: Vida e Morte – Crepúsculo Reimaginado

dbce0ea4-135b-4e1a-b220-34eb35a40dbd

Sinopse: “Em Vida e morte os leitores vão se maravilhar com a experiência de ler a icônica saga de amor agora pelos olhos de um adolescente que se apaixona por uma sedutora vampira. Os milhares de fãs de Bella e Edward não vão querer perder a oportunidade de ver seus tão queridos personagens em novos papéis.”

Beau era um jovem de 17 anos e filho de pais separados. Durante quase toda a sua vida, morou com a mãe, Reneé, uma mulher muito atrapalhada que, mesmo inconscientemente, obrigou Beau a amadurecer muito cedo. Reneé havia se casado de novo e Phil estava cuidando bem dela. Em razão disso, Beau percebeu que era melhor dar um espaço para o casal e resolveu ir para Forks viver com Charlie, seu pai, pelo menos até concluir o ensino médio. Ao chegar em Forks, Charlie foi muito receptivo e no colégio ele conseguiu de adaptar muito rápido. Mas nada disso se comparou ao fascínio que ele sentiu ao ver Edythe pela primeira vez.  Beau desenvolveu uma obsessão pela menina com os traços mais perfeitos que vira na vida. Logo Beau percebeu que Edythe não era uma garota comum, e nem mesmo se parecia humana.Começou então a querer se aproximar e descobrir tudo sobre ela, mal sabia Beau o risco que corria.

Minha opinião:

Vocês não fazem a menor ideia de como eu sou apaixonada por essa saga. E quando eu descobri que teria uma edição comemorativa de 10 anos simplesmente enlouqueci! E diferentemente de boa parte do fandom, amei a ideia de trocar os gêneros desde o começo!

Muitos esperaram que na edição de 10 anos tivéssemos o tão aguardado ‘Sol da Meia Noite’, Crepúsculo na visão de Edward Cullen. Beau me surpreendeu pelo fato de ser infinitamente menos complicado que a Bella. Ele é um personagem que é mais cômico e ativo. Apesar de amar a primeira versão, Vida e Morte já possui um lugar no meu coração.

Edythe Cullen é uma mulher decidida e apaixonada. Quando eu digo que os personagens desse livro são mais engraçados que os de Twilight, é por não existir aquela aura depressiva e carregada na relação de Beau e Edythe. Eles são um casal com bastante senso de humor, algo não encontramos nos amados Edward e Bella. Outro ponto muito importante é o final do livro. Acredito que para fechar em um volume único ela fez um final completamente diferente do livro original.

Tem algumas coisas que não agradaram muito, como: Senti falta da Alice e do Emmett, senti falta do humor deles no livro. E achei que poderias ter algumas cenas diferentes, tem capítulos que é a mesma coisa que ler Twilight.

E mais uma coisa: O BEAU É TÃO PERFEITO QUANTO O EDWARD !

 

Então gente, espero que vocês tenham gostado, foi muito difícil fazer uma resenha de uma saga que eu sou muito fã. Até a próxima.

Maria Clara. Xoxo.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s