Ah, o amor…

O amor é complicado ou nós que complicamos ?

Desde novos vemos, principalmente pela tv, que o amor pode ser lindo e maravilhoso. Mas que para ter um final feliz precisa ter uma caminhada difícil e com várias idas e vindas. Idealizamos esse amor. Assim que começamos a adolescência queremos ter um amor assim, que nos faça feliz e ao mesmo tempo nos faça sofrer. E com isso acabamos sofrendo por imaturidade ou porque realmente precisamos passar por isso. Para depois poder ficar bem de novo. Isso pode parecer meio burrice, meio desnecessário, mas realmente precisamos disso.

Precisamos disso para aprender com os erros, para ser melhor num próximo relacionamento, para se conhecer, crescer. Sim, precisamos disso. Passando por isso, refletimos sobre como as pessoas são diferentes uma das outras. E que por mais que você queira, você não pode mudá-la. Deixar do jeito que você quer que ela seja, só para agradar você. Algumas até podem mudar por um certo tempo, mas tem uma hora que cansa não ser quem realmente você é. Muitas vezes perdemos a nossa identidade (ou descobrimos uma melhor, talvez) por causa de uma pessoa que achamos que não conseguiremos viver sem. Muitas vezes também nos sacrificamos, damos tudo de nós por uma pessoa que não retribui um terço do que recebe. Recebemos um afeto, um carinho mínimo e achamos que é o suficiente, que apenas isso já basta. Deixamos que o outro se acomode no relacionamento, mas só porque permitimos, sem mesmo perceber. Nos contentamos com pouco. Mas com o tempo, vamos mudando de mentalidade e uma hora aprendemos a selecionar as companhias, a gostar de quem gosta da gente, e que nos faça sentir bem e feliz por completo.

Durante a vida, é certo de ter vários amores. E aprender com cada um deles. E se conhecer mais convivendo com cada um deles. Vários amores passam pela nossa vida e cada um marca de um jeito. E cabe a nós esperar um que não nos complete, que nos transborde!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s